Estresse: dor de cabeça e sinais mentais

Vários estudos mostram que o estresse é uma das principais causas de dor de cabeça. É bem provável que sua experiência de vida também mostre isso, certo?

Mas você sabe o que mais pode ser sinal de estresse? Além de sinais físicos (saiba mais), existem outros que podem vir da nossa mente.

Primeiro, vamos lembrar o que é exatamente o estresse. Trata-se de uma reação natural do nosso corpo a uma situação prejudicial. Por exemplo, quando você está andando de carro e vê que está prestes a bater em outro carro ou cair em um buraco. Quando pisa no freio, isso é resultado do estresse.

Só que, às vezes, essas reações vão muito além. Podem durar muito tempo, ou podemos não conseguir nos adaptar a elas. Daí vêm os problemas que podem atrapalhar nossa vida.

Entre os sinais mentais, estão: problemas de sono e concentração, insatisfação com o trabalho, moral baixo e irritação fácil. Podem ainda aparecer alguns transtornos como a depressão, a ansiedade, o TOC e a síndrome do pânico.

Como evitar tudo isso?

Existem algumas dicas simples para evitar o excesso de estresse. A primeira: escolha bem seus alimentos. Alguns que podem lhe ajudar são: feijão, arroz, banana, castanhas, leite, ovos, carnes de aves e peixes, frutas ricas em vitamina C, alho e chocolate amargo (70% de cacau).

Outra dica valiosa são atividades físicas. Elas liberam hormônios que lhe ajudam a se sentir melhor. Você pode, por exemplo, fazer corrida na esteira, dança, pilates, boxe ou ioga.

Também é bom rir mais, dormir bem e cuidar da sua respiração. E procurar seu psicólogo se tiver alguma dificuldade.

Fontes de referência: Vittude, Hospital Israelita Albert Einstein, Secretaria de Saúde de Goiás, Minha Vida, Exame, Boa Forma

Estresse: dor de cabeça e sinais mentais
Rolar para o topo
Skip to content